Boletim da Sesapi confirma 01 óbito de Covid-19 em Luzilândia

Por: Douglas Sampagode
Publicado em 11/01/2021 - 11h27

Trata-se de uma idosa de 79 anos de idade que segundo informações seria da zona rural do município de Luzilândia.

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 471 casos confirmados e nove óbitos pela Covid-19, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste domingo (10).

Dos 471 casos confirmados da doença, 262 são mulheres e 209 homens, com idades que variam de um a 93 anos.

Cinco mulheres e quatro homens não resistiram às complicações da Covid-19. Eles eram das cidades de Água Branca ( 77 anos), Betania do Piauí (73 anos), José de Freitas (71 anos) e Teresina (74  anos). Já as mulheres eram naturais de Altos (53 e 67 anos), Luzilândia (79 anos), São Raimundo Nonato (62 anos) e Teresina (dois meses). Duas vítimas não possuíam comorbidades, a idosa de 79 anos e o bebê de dois meses.

Os casos confirmados no estado somam 147.509 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2.906 e foram registrados em 202 municípios. Até agora, morreram 1.703 homens e 1.203 mulheres.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 387 ocupados, sendo 234 leitos clínicos, 141  UTIs e 12 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 7.989 até o dia 10 de janeiro de 2021.

A Sesapi estima que 144.216 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

 


Fonte: Com informações do 180graus.com

Douglas Sampagode, radialista com certificação pela FBR e FENART ( Federação Nacional dos Radialista), atua na área de comunicação há 15 anos, passagem por rádios, diretor de 02 emissoras de rádio ( Popular FM e Jovem FM- Todas em Luzilândia), ex colunista do portal Piripiri40graus.com, designer, editor de áudio e vídeo, gerenciador de mídias sociais, assessor de imprensa e diretor do Blog do Sampagode.