Mulheres policiais pedem apoio de Iracema para aposentaria

Por: Douglas Sampagode
Publicado em 13/03/2014 - 23h47

DSC_0913A deputada federal Iracema Portella (PP-PI) recebeu no gabinete, a Policial Rodoviária Federal piauiense, Luciana de Melo, de Teresina, que veio em representando o Piauí, e varias representantes de outros estados, que pediram apoio a deputada para que seja incluído na pauta do Plenário o projeto (PLP 275/01, do Senado), que permite que as mulheres policiais se aposentem depois de 25 anos de contribuição à Previdência Social, desde que estejam há pelo menos 15 anos na carreira.

De acordo com a Lei Complementar 51/85, os policiais podem se aposentar após 30 anos de serviço, desde que tenham ao menos 20 anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial. Esse dispositivo, em tese, abrange tanto os policiais do sexo masculino quanto os do sexo feminino.

DSC_0946

O PLP tramita desde 2001 no Congresso. Há resistências do próprio governo à aprovação por conta do impacto que teria na Previdência Social. Isso porque todo projeto que reduza o tempo de contribuição ou reduza a idade para aposentadoria vai representar algum custo para a Previdência.

ASCOM

CLIQUE E CURTA NOSSA PAGINA NO FACEBOOK

Douglas Sampagode, radialista com certificação pela FBR e FENART ( Federação Nacional dos Radialista), atua na área de comunicação há 15 anos, passagem por rádios, diretor de 02 emissoras de rádio ( Popular FM e Jovem FM- Todas em Luzilândia), ex colunista do portal Piripiri40graus.com, designer, editor de áudio e vídeo, gerenciador de mídias sociais, assessor de imprensa e diretor do Blog do Sampagode.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.