Organizações representativas de Luzilândia lançam manifesto pedindo melhorias nas ações de combate ao Covid-19

Por: Douglas Sampagode
Publicado em 22/06/2020 - 18h09

Com o avanço do número de casos do novo coronavírus (Covid-19) em Luzilândia, a sociedade civil organizada de algumas representações local lançaram um manifesto, que foi entregue na manhã desta segunda-feira (22) aos prefeito Ronaldo Gomes e vereadores, pedindo a criação de planos para o combate ao vírus e a melhor adequação de soluções para o convívio das pessoas nesta nova realidade.

Em reunião online, eles discutiram sobre o problema e elaboraram um documento com sugestões para ajudar a frear o avanço do número de casos. “No dia 25 de maio de 2020, este número se encontrava estacionado em 07 casos em todo o município, alcançado o dia 20 de junho ao número exorbitante de 224 casos, apresentando um aumento de 217 contaminações identificadas em apenas 25 dias (1.517%). Agora fazem falta as estratégias que deveriam ter sido planejadas no mês de maio. Diante disso faz mister estabelecer em caráter de urgência estratégias e novas medidas que garantam a segurança de nossa população. É notoriamente público o crescimento exponencial de casos em todo o município”, diz o manifesto.

Participaram do manifesto representantes da Loja Maçônica Fraterna Vale do Parnaíba nº15 GLMPI, Associação Comercial e Industrial de Luzilândia, Paróquia de Santa Luzia, Loja Maçônica Liberdade e União Vale do Parnaíba – nº 15 e   Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Vejam o Manifesto na Integra

fonte: Clica Luzilandia

Douglas Sampagode, radialista com certificação pela FBR e FENART ( Federação Nacional dos Radialista), atua na área de comunicação há 15 anos, passagem por rádios, diretor de 02 emissoras de rádio ( Popular FM e Jovem FM- Todas em Luzilândia), ex colunista do portal Piripiri40graus.com, designer, editor de áudio e vídeo, gerenciador de mídias sociais, assessor de imprensa e diretor do Blog do Sampagode.