Veja como foi a Primeira Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Luzilândia de 2019

Por: Douglas Sampagode
Publicado em 21/02/2019 - 22h29

Na última sexta-feira (15) o Legislativo Municipal realizou a primeira sessão de 2019. Como de costume, o executivo municipal foi convidado, mas o Prefeito Ronaldo Gomes, não compareceu, enviou uma mensagem que foi lida por um representante.  A sessão foi tranquila, mas a oposição, hoje maioria na casa, não poupou a gestão municipal de críticas.

 

A mensagem lida pela advogada do município, Aparecida Lira, foi apaziguadora, pediu união. O prefeito deu boas vindas à nova mesa diretora e discorreu sobre obras e os trabalhos realizados pela gestão municipal durante o ano de 2018. “Há muito ainda por realizar, ações extremamente necessárias para o município, muitas não depende apenas do poder executivo municipal, por isso vamos contar, sem duvida, com o apoio municipal dessa casa legislativa, com o discernimento e maturidade política dos vereadores,” dizia a mensagem.

( Vereador Clisérgio Plácido- Foto arquivo Blog do Sampagode)

O vereador Clisérgio Plácido criticou a iluminação pública e citou a Cosip, como promessa de melhorias, que não aconteceu. O vereador Cristóvão requereu ao poder municipal a iluminação da localidade Cardoso, que está no escuro.

 

Os vereadores aprovaram a proposta do vereador João Filho de realização de uma Audiência Pública para discutir a situação da iluminação pública, após a aprovação da Cosip. A audiência vai acontecer na próxima quarta-feira (27), às 9h da manhã, com a presença da empresa responsável pela implantação da Cosip, dos poderes publico, poder judicial, Ministério Público, entidades civis, representantes de classes e da população, em geral .

O vereador Cristóvão parabenizou os trabalhos que deu certo da Administração, mas pontuou algumas críticas, como a chamada pública para a compra de alimentos da agricultura familiar, que segundo ele não foi divulgada. Também criticou a iluminação pública e parabenizou os professores que mesmo com salários atrasados continuaram educando seus alunos. “ Primeiro se paga, depois demite a pessoa, para que elas possam procurar um emprego pelo menos sabendo que vão pagar suas dívidas”, disse.

 

 

A vereadora Gilmara Gil defendeu o Governo Municipal ressaltando as dívidas acumuladas de outras gestões, assim como as atividades ‘duvidosas’, como funcionários que recebiam sem trabalhar. “Eu hoje fui me informar, participei de uma reunião para saber como estar a verdadeira situação do município, serviços prestados e demais servidores… que tem certos e tem os exageros, então eu peço na próxima sessão que traga os dados reais porque a população precisa saber”, disse.

 

Os vereadores aprovaram, ainda, o requerimento do vereador Fernando Aguiar que solicitou a mudança do horário das sessões, que aconteciam às 19h de sexta, para as 9h da manhã. Segundo o vereador, a exemplo de outros municípios, a mudança de horário favoreceria a presença maior da população, principalmente dos moradores do interior.

 

( Vereador Fernando Aguiar- foto arquivo Blog do Sampagode)

Fernando disse, ainda, que a casa legislativa de Luzilândia é omissa, não somente nessa gestão, mas em todas as gestões passadas. “Nós somos responsáveis por fiscalização o dinheiro público desta cidade, e todos os vereadores que aqui passaram foram omissos nas gestões”, disse. Ele sugeriu que presidente da casa, Junior Ema, uma auditoria ou tomada de contas na câmara, para que ele não seja responsabilidade dos erros passados.

 

O vereador Fernando denunciou, ainda, que a gestão está recolhendo, arrecadando dos funcionários os consignados do Banco do Brasil e Caixa Econômica e não repassa, e alguns servidores estariam com nome  e que sujo no Serasa. Assim como Secretária de Educação que está recolhendo o INSS, mas também não repassa.

 

A coordenação administrativa da Educação do município enviou um requerimento, que foi aceito pela casa, pedindo o direito de resposta a algumas colocações feitas pelos vereadores direcionados à Educação, como a reforma das escolas, agricultura familiar, nucleamento das escolas, rendimento dos alunos entre outros. O direito de resposta será dado na sessão ordinária que acontecerá após o carnaval.



Na sessão também foram formadas as Comissões Permanentes para 2019 no Legislativo.

 

Comissão de Constituição e Justiça: Presidente Fernando Aguiar, relatora

 

Comissão de Finança, Orçamento e Tributação: Presidente Nazinha; Relatora Morgana; Membro José Nilton.

 

Comissão de Obras, Urbanismo, Saúde e Educação: Presidente: Cristóvão Rodrigues; Relatora Gilmara Gil; Membro Fernando Aguiar.

 

Fonte: Clica Luzilandia

 

Douglas Sampagode, radialista com certificação pela FBR e FENART ( Federação Nacional dos Radialista), atua na área de comunicação há 15 anos, passagem por rádios, diretor de 02 emissoras de rádio ( Popular FM e Jovem FM- Todas em Luzilândia), ex colunista do portal Piripiri40graus.com, designer, editor de áudio e vídeo, gerenciador de mídias sociais, assessor de imprensa e diretor do Blog do Sampagode.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.